MBA em Direção Técnica | Serviços nas Organizações Sociais | Coimbra

Apresentação

Apresentação

Apresentação

Este MBA nasce da necessidade premente dos técnicos que assumem as direções técnicas e direções de serviços em organizações sociais, com e sem fins lucrativos, de formação especializada nas diferentes áreas que o cargo exige. Perante a inexistência de percursos escolares para este cargo exigido nas organizações sociais, foi desenhado este MBA em parceria com especialistas no terceiro setor, auditores e consultores nas áreas com provas dadas nos seus percursos académicos e profissionais, numa visão prática e sintética, versátil e transversal a diversas áreas de intervenção, com vista à capacitação de diretores técnicos/serviços para uma liderança motivacional e sustentável através de boas práticas de intervenção multidisciplinar. Este MBA é uma oportunidade para consolidar conhecimentos, conjugar a teoria à prática, melhorar atuações e metodologias de trabalho.

 

Objetivos Gerais:

Este MBA nasce da necessidade premente dos técnicos que assumem as direções técnicas e direções de serviços em organizações sociais, com e sem fins lucrativos, de formação especializada nas diferentes áreas que o cargo exige. Perante a inexistência de percursos escolares para este cargo exigido nas organizações sociais, foi desenhado este MBA em parceria com especialistas no terceiro setor, auditores e consultores nas áreas com provas dadas nos seus percursos académicos e profissionais, numa visão prática e sintética, versátil e transversal a diversas áreas de intervenção, com vista à capacitação de diretores técnicos/serviços para uma liderança motivacional e sustentável através de boas práticas de intervenção multidisciplinar. Este MBA é uma oportunidade para consolidar conhecimentos, conjugar a teoria à prática, melhorar atuações e metodologias de trabalho.

 

Competências a Desenvolver:

  1. Dotar destreza na definição e utilização de ferramentas de gestão no quotidiano de uma organização social;
  2. Ser capaz de planear, monitorizar e avaliar de forma eficaz e eficiente dos diferentes serviços;
  3. Dotar capacidade de gerir numa visão integrada, evidenciada e monitorizável;
  4. Identificar e reconhecer os principais requisitos legais e normativos com vista à sua implementação prática;
  5. Interpretar e manusear documentos contabilísticos e financeiros com vista à sustentabilidade da Organização Social.

 

Certificado:

A conclusão com sucesso de todos os módulos, dará direito a emissão de um diploma pela Coimbra Business School | ISCAC, com o titulo de Master in Business Administration em MBA em Direção Técnica/Serviços nas Organizações Sociais.

Voltar topo


Destinatários

Destinatários

Destinatários:

Pessoas licenciadas que exerçam ou pretendam exercer cargos de direções técnicas, pedagógicas e/ou de serviços nas diferentes áreas de intervenção numa organização social, com ou sem fins lucrativos. Poderão ser admitidos ainda portadores de outras habilitações, ainda que não sejam detentores de habilitação superior, desde que o seu percurso profissional o fundamente.

Voltar topo


Estrutura Modular

Estrutura Modular

1. Liderar, Motivar, Comunicar & Coordenar (16h)

 

Missão: Capacitar os alunos na gestão emocional, motivacional e comunicacional com e para pessoas.

1.1 Métodos e Ferramentas para uma Liderança Motivacional: (8h) – Ricardo Pocinho

  1. Organização e Equipas
  2. As pessoas e as organizações
  3. A dinâmica das equipas
  4. Stress nas pessoas e nas equipas e a sua gestão
  5. Gestão de conflitos
  6. Liderança e estilos e função dos líderes
  7. A Liderança a organização e a equipa
  8. Gerir VS Gerir
  9. Motivação
  10. O processo mental de motivação
  11. Motivação, frustração e satisfação
  12. Comportamentos mobilizadores de motivação
  13. Técnicas fundamentais de motivação individual e de equipas

1.2 Instrumentos Eficazes de Comunicação com e para Pessoas: (8h) – Ricardo Pocinho

  1. Os estilos comportamentais de comunicação, Agressividade
  2. Passividade, Assertividade
  3. Relacionamento interpessoal
  4. Estratégias e Técnicas de Assertividade
  5. Comunicação eficaz
  6. Opiniões positivas: O feedback
  7. Saber lidar com comportamentos e situações difíceis. O Método DESC.
 
2. Enquadramento Legal: da teoria à prática (48h)

 

Missão: Capacitar os alunos na identificação e interpretação dos principais requisitos legais e normativos nas diferentes áreas de atuação.

2.1 Requisitos Legais e Normativos: (8h) – Francisco Melo

  1. Legislação inerente às organizações sociais;
  2. Auditorias, ações de acompanhamento e fiscalização: Diferenças e Entidades;
  3. Avaliação de listas de verificação, guiões de fiscalização e Fichas de Acompanhamento – Como implementar;
  4. Segurança Alimentar: requisitos e contraordenações;
  5. Gestão Ambiental: Principais Requisitos;
  6. Recursos Humanos: Requisitos legais.

2.2 Ambiente, Segurança e Higiene no Trabalho: (8h) – Pedro Carrana

  1. Requisitos Legais de Segurança e Higiene no Trabalho: Como implementar e monitorizar;
  2. Medidas de Autoproteção: Do desenho à implementação contínua;
  3. Obrigações das Organizações Sociais à ANPC;
  4. Ambiente do Trabalho: Avaliação de Riscos;
  5. Medicina do Trabalho: Regras e contraordenações;

2.3 Regime Laboral na prática:  (16h) - Filipa Magalhães

  1. A contratação no terceiro sector
  2. A gestão e organização do tempo de trabalho
  3. O regime das faltas e suas consequências
  4. O regime das férias e sua contabilização
  5. A flexibilidade do tempo, lugar de trabalho e conteúdo funcional

2.4 Proteção de Dados Pessoais (RGPD), Tutores e Inabilitação: (8h) – Filipa Magalhães

  1. Obrigações para as Instituições no tratamento de dados
  2. Revisão de formulários, documentos e contratos
  3. Reorganização e sensibilização da estrutura interna
  4. Direitos dos titulares dos dados e seu exercício
  5. Desafios e oportunidades para o terceiro sector;
  6. Procedimento, deveres e direitos dos tutores dos utentes

2.5 Acordos de Cooperação: Celebração e Manutenção: (8h) – Tiago Abalroado

  1. Enquadramento legal nas diferentes áreas de intervenção;
  2. Legalização de respostas típicas e atípicas;
  3. Procedimentos para a Celebração/Alargamento e Manutenção dos Acordos de Cooperação nas diferentes respostas sociais;
  4. Regras no cálculo das mensalidades nos acordos de cooperação;
  5. Requisitos, Contraordenações e Consequências.
 
3. Planeamento e Gestão Sustentável (28h)

 

Missão: Dotar competências para planear, monitorizar e avaliar planos de gestão sustentáveis, exequíveis e integrados.

3.1 Planeamento Estratégico e Operacional: Implementação e Avaliações:  (8h) - Sílvia Machado

  1. Visão Estratégica: como desenhar, planear e agir;
  2. Instrumentos de Diagnóstico Organizacional;
  3. Metodologias de Avaliação do Grau de (In)Satisfação das Partes Interessadas;
  4. Plano Estratégico: elaboração, monitorização e Avaliação;
  5. Planos de Atividades/Ação: do desenho à ação articulada;

3.2 Interpretação de Dados Contabilísticos e Financeiros: (12h) – Nanja Kroon

  1. Orçamento e Relatório de Contas: Elaboração, requisitos legais e acompanhamento;
  2. Balancetes: da elaboração à interpretação genérica;
  3. Interpretação dos documentos comprovativos de receitas/despesas (IRS, Nota de Liquidação, Capitais, Prediais etc) para cálculos de mensalidade;
  4. Ferramentas para o cálculo do custo real médio do utente.

3.3 Qualidade e Auditorias como Ferramenta de Gestão: (8h) - Francisco Melo

  1. Referenciais Normativos;
  2. Princípios do Sistema de Gestão da Qualidade;
  3. Definição e construção dos Processo no âmbito do SGQ
  4. A Construção de mecanismos de medição e monitorização;
  5. Ferramentas de Gestão da Qualidade;
  6. Metodologias de Auditoria: Interna e Externa
 
4. Intervenção com Utentes/Clientes (8h)

 

Missão: Dotar destreza na constituição dos processos individuais de acordo com a legislação em vigor de forma prática e multidisciplinar.


4.1 Processos Individuais nas áreas de intervenção: infantis, juvenis, deficiência e sénior:  (8h) – Sílvia Machado

  1. Tipologia dos processos dos Utentes nas diferentes respostas sociais;
  2. Candidatura à Admissão do utente: como constituir;
  3. Planeamento, Intervenção e Avaliação do Utente;
  4. Atividades de Intervenção: do Planeamento à Avaliação;
  5. Impressos e Procedimentos a implementar.

 

TOTAL DE 100 HORAS

Voltar topo


Horários e Funcionamento

Horários e Funcionamento

O MBA funcionará aos sábados das 9.00 às 18.00 horas, com periodicidade quinzenal para permitir a conciliação com a vida familiar e pessoal, salvo exceção no módulo 3.2 que será na sexta-feira antecedente das 18.00h às 22.00h, perfazendo as 100 horas.

 Início: 22 de setembro de 2018

Termina: 23 de março de 2019

 

 

Voltar topo


Investimento

Investimento

O Master in Business Administration terá um custo de 900 euros sendo pago da seguinte forma:

  • 150,00 euros no ato de matricula;
  • 5 prestações de 150,00 euros pagos até ao dia 15 de cada um dos meses.

No caso de associados da ANGES  ou ex-alunos do ISCAC, aplica-se um desconto de 20%, sendo que os pagamentos devem ser neste caso feitos da seguinte forma:

  • 120,00 euros no ato de matricula;
  • 5 prestações de 120,00 euros pagos até ao dia 15 de cada um dos meses em que durar o curso.

Voltar topo


Materiais Pedagógicos e Avaliações

Materiais Pedagógicos e Avaliações

Materiais Pedagógicos:

Cada aluno receberá, em suporte digital, todos os materiais necessários para cada sessão bem como ferramentas para aplicação prática na sua organização social. Os alunos poderão levar computador e outros materiais para utilização nas sessões evitando a impressão de papel, não perturbando as sessões.

 

Avaliação:

Em cada módulo o aluno terá de entregar um instrumento de avaliação para aplicação prática na sua organização social, podendo este ser realizado na sessão presencial ou enviado posteriormente, mediante as diretrizes do docente. A avaliação será composta por vários parâmetros e não estritamente pelo resultado do instrumento de avaliação.

 

Voltar topo